O Projecto do Museu do Sino é uma iniciativa do Cabido da Sé Metropolitana e Primacial de Braga, em colaboração com "A Fundição de Sinos de Braga", de Serafim da Silva Jerónimo & Filhos L.da.

Na sequência de um protocolo de colaboração o Cabido da Sé Metropolitana e Primacial de Braga vai disponibilizar o espaço que albergará o museu. A empresa, por seu lado, irá contribuir com um vasto espólio de que se destaca uma colecção de mais de 200 sinos e acessórios bem como material relacionado com o seu fabrico.

É uma importante colecção da qual fazem parte exemplares de quase todos os fabricantes portugueses e de diversas épocas, o mais antigo data de 1573, em que é patente a importância que esta actividade representou e ainda representa para a cidade de Braga e para o País.

Com este projecto, a cidade de Braga e o país, assumem o valor patrimonial de um aspecto da nossa cultura que não teve até hoje a atenção que lhe é devida.

A evolução do sino em Portugal e no mundo, os aspectos etnográficos e arqueológicos, tecnologias de fabrico, o carrilhão (um instrumento musical na torre), processos e mecanismos de toque, mensagens associadas aos diferentes toques são alguns dos aspectos que o Museu do Sino irá abordar.

Este museu pretende ser um espaço de participação das instituições e pessoas envolvidas, e de outras simplesmente interessadas no tema tão vasto que os sinos encerram. Por isso mesmo toda e qualquer colaboração será bem vinda.