Origem e evolução de um sistema dunar (2)

Os tufos de Ammophila arenaria que surgiram na parte final da duna embrionária vão dar origem a pequenos montículos de areia ou nebkas, que se salientam no perfil suave da praia. Ao abrigo destes montículos vão surgir pequenos povoamentos de outras espécies, como é o caso de Leontodon taraxacoides, Crucianella maritima, e novos pés de A. arenaria.
As nebkas mais afastadas do mar continuam a desenvolver-se em altura e eventualmente acabam por se unir. Forma-se então uma faixa contínua dominada por A. arenaria que inclui um número variado de outras espécies.
Esta faixa corresponde ao cordão dunar frontal, também conhecido por duna branca, e pode estender-se por vários quilómetros ao longo da costa. Além das plantas acima referidas podemos ainda encontrar aqui espécies como Silene littorea, Euphorbia paralias, Eryngium maritimum e Pancratium maritimum.
Origem e evolução (1)
Origem e evolução (3)